EDUCAÇÃO

Júnior Vigário, o Bom Estudante das Alagoas
Júnior Vigário, de Atalaia-Al, era sinônimo de exemplo. De um bom estudante que valoriza os estudos. Mesmo com a vida agitada na política de seu pai, Chico Vigário.


Júnior Vigário, o Bom Estudante das Alagoas

A Educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo. A frase de Nelson Mandela faz alusão ao importante papel da educação como mecanismo de mudança na sociedade. Nessa perspectiva a disciplina concedida a população torna possível uma sociedade mais honesta, menos violenta e que busca o conhecimento. Certamente, para que ocorram todas as mudanças necessárias através da educação, o apoio do Estado é indispensável, além da individualidade de cada um nesse incentivo. Júnior Vigário, de Atalaia-Al, era sinônimo de exemplo. De um bom estudante que valoriza os estudos. Mesmo com a vida agitada na política de seu pai, Chico Vigário, Júnior Vigário não dispensou os estudos. Para Júnior Vigário, os estudos contribuem para um melhor pensamento, ideias, criação de um bom projeto para uma sociedade viver melhor, garante mais, oportunidades de emprego e negócios, além de incentivar a todos aqueles que desprezam o estudo. Durante à noite, Júnior Vigário, por muitas vezes, largava o lazer de brincar com os amigos para se dedicar às tarefas da escola e estar sempre em dia com a escola. Em tempos de seminários e provas a dedicação era dobrada. E sempre tirava às melhores notas da sala. Nunca quis ser o melhor da sala, mas sempre incentivava a todos a estudar. Júnior Vigário não queria apenas ser visto como um filho de um dos grandes políticos da cidade. Mas queria que todos o vissem como uma pessoa dedicada aos estudos e responsável com a educação e com todos. Sendo assim estaria passando motivação para todos se dedicarem e que também realizassem seus sonhos através dos estudos.


Galeria de Fotos:



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



EDUCAÇÃO  |   15/11/2021 20h24





EDUCAÇÃO  |   10/11/2021 16h56


EDUCAÇÃO  |   31/10/2021 19h56